• Welyson Lima

"A escolha do relator cabe ao presidente da CPI", diz Pacheco.

Presidente do senado ainda disse que "não admite interferência de um juiz".


Nesta segunda-feira (26/04/2021), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que a escolha do relator da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), cabe ao presidente da mesma, que ainda será eleito.


A declaração de Pacheco é uma resposta à decisão da Justiça Federal que vetou o senador Renan Calheiros (MDB-AL) no cargo. O nome de Calheiros era apontado como franco favorito para indicação que será feita pelo provável presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM).Rodrigo Pacheco disse que a Casa não admitirá "interferência de um juiz". Na sua conta do twitter, ele escreveu:


"A escolha de relator cabe ao presidente da CPI. Trata-se de questão do Parlamento, que não admite interferência de um juiz. A preservação da competência do Senado é essencial ao estado de direito. A Constituição impõe a observância da harmonia e independência entre os Poderes".

A decisão que vetou temporariamente Renan Calheiros da relatoria foi tomada em ação movida pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP). De acordo com o juiz Charles Renaud Frazão de Moraes, a vedação deve ser feita até que o senador e a AGU (Advocacia Geral da União) se manifestem. A instalação da CPI está marcada para acontecer nesta terça-feira (27/04/2021).


Para Renan Calheiros, que publicou uma mensagem em suas redes sociais, a decisão de barrá-lo na relatoria da CPI da Covid, foi orquestrada pelo presidente Bolsonaro. "Nada tem a ver com Justiça de primeira instância. Não há precedente na história do Brasil de medida tão esdrúxula como essa. Estamos entrando com recurso e pergunto: porque tanto medo?", escreveu o emedebista.


A deputada Carla Zambelli e outros aliados do presidente Bolsonaro fizeram campanha em perfis do Twitter contra a provável posição de Renan como relator da CPI. O motivo pode ser o apoio que Calheiros tem demonstrado ao petista e ex presidente, Luís Inácio Lula da Silva.

0 comentário