• Ghiri

Alessandro Molon: "Dilma aderiu a agenda neoliberal"

Em participação de Webinar organizada pelo Conselho dos Sindicatos Brasileiros (CSB) para discutir a reforma administrativa, Alessandro Molon se opôs ao discurso neoliberal ao qual julgou como abandonado pelo mundo.

Deputado Federal (PSB/RJ). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado.


Em participação de seminário online com as presenças de Ciro Gomes, Marcelo Freixo, Antônio Neto e Eduardo Moreira, o deputado federal pelo PSB/RJ, Alessandro Molon, falou a respeito das reformas apresentadas nos últimos anos. Apontou que a reforma trabalhista não gerou os empregos prometidos pelo Governo Temer, assim como a reforma da previdência sancionada no atual governo não geraram aumento de credibilidade para o país, tampouco melhora de qualidade de vida da população.


Molon destacou que a política econômica neoliberal apesar de jovem, já está em vigor no mundo ocidental a pelo menos 50 anos.


Para Alessandro Molon, dizer que Brasil tem muitos funcionários públicos é uma fábula, ao justificar tal afirmação o parlamentar apontou comparações com potências ocidentais, como os EUA, que atualmente tem uma média de funcionários públicos em relação a população empregada, superior a brasileira.


Este mesmo evento ainda contou com a participação de Aires Ribeiro, candidato a principal Casa Legislativa no ano de 2018, que destacou nesta reforma administrativa o que acredita ser uma tragédia para o serviço público, apontando a dificuldade em barrar as propostas apresentadas pelo governo já que a legislação reformista deve ser encaminhada para o Congresso por meio de Leis Complementares e não PECs, o que facilitaria a sua aprovação, não havendo necessidade de alterações constitucionais.





0 comentário