• Tainara Cavalcante

Atual presidente perde pontos na corrida eleitoral e aprovação a Bolsonaro reduz

O cenário ainda é favorável ao presidente, mas depois da sua atuação durante a pandemia, a diferença parece estar diminuindo.


Até junho do ano passado, a aprovação do até então presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estava muito boa, e as pesquisas mostravam uma vitória no primeiro e segundo turno contra todos os demais candidatos.


No entanto, depois que começou a pandemia de Coronavírus, as coisas mudaram e a crise sanitária parece ter desgastado a imagem do presidente.


Pelo menos é o que diz um levantamento do Paraná Pesquisas e a Veja, que analisou a popularidade do presidente de junho de 2020 ao mês de maio deste ano. Se as coisas continuarem iguais até 2022, não é provável que Bolsonaro perca as eleições contra os principais candidatos, mas a diferença será bem menor que antes.


A vitória será por pouco, mas ainda é bastante provável. Em um cenário contra o ex-presidente Lula, por exemplo, ele caiu três pontos nas pesquisas, enquanto o adversário ganhou três.

Um cenário que pode se tornar realidade, já que o ex-presidente se tornou elegível novamente. Depois que as suas condenações foram anuladas, o Supremo Tribunal Eleitoral autorizou a volta de Lula à corrida eleitoral.


Outro cenário revelado na pesquisa é o desempenho dos principais candidatos contra Lula. Apesar do petista ter o favoritismo, Ciro Gomes (PDT) e João Dória (PSDB) tiveram um desenvolvimento melhor no segundo turno que Bolsonaro.

0 comentário