• Ghiri

Ciro Gomes após pronunciamento de Bolsonaro: "Bolsonaro é mitomaníaco, corrupto e genocida"

Jair Bolsonaro apresentou dados contestáveis em seu pronunciamento.


Bolsonaro realizou pronunciamento público em cadeia nacional nesta noite de terça-feira (23/03/2021) no qual comentou sobre o enfrentamento dado a pandemia de coronavírus.


O presidente declarou em seu pronunciamento que o Brasil seria o quinto país no ranking de vacinação global, quando na verdade o país ocupa a sexagésima posição (60ª). Na tarde de segunda-feira (21/03/2021) Bolsonaro disse ver o Brasil como exemplo no enfrentamento a pandemia apesar de hoje o país bater recorde de mortes diária, com mais de 3000 óbitos.


Entre as falas contrárias aos últimos pronunciamentos do presidente, está a de que o governo buscou a compra da vacina Pfizer enquanto a empresa e o próprio Ministério da Saúde já deram declarações públicas de que houve a recusa na compra da vacina ainda no ano de 2020. A causa desse não acerto teria se dado devido ao presidente Bolsonaro alegar que naquele momento não existiam garantias por parte da empresa de que seriam assumidos possíveis efeitos colaterais a vacina.


O presidenciável Ciro Gomes, após o pronunciamento de Bolsonaro, declarou por meio de suas redes sociais:

"Bolsonaro é mitomaníaco, corrupto e genocida."

0 comentário