• Ghiri

Crimes de ódio a descendentes de asiáticos crescem 149% nos EUA

Manifestantes foram as ruas neste domingo após ataque a descentes asiáticos em Atlanta. Discursos de Donald Trump são apontados como principal razão.

Manifestantes americanos protestam contra os crimes de ódio a asiáticos americanos.


Centenas de manifestantes foram as ruas nos Estados Unidos após ataque em Atlanta, onde a maioria das vítimas eram descendentes asiáticos.


Os crimes de ódio contra asiáticos americanos aumentaram em 149% no ano de 2020 em 16 grandes cidades em comparação com o ano de 2019. O aumento nos casos de descriminação, segundo defensores dos direitos humanos, se deve as declarações dados pelo ex-presidente americano, Donald Trump que repetidamente chamou o coronavírus de vírus chinês. O ex-presidente, com seu discurso, responsabilizou o povo asiático pela propagação da pandemia, o que é veementemente descartado por especialistas.



0 comentário