• Ghiri

Dilma declara ter grande respeito por Renan Calheiros e disse que o mesmo não é e nem foi golpista

Político do MDB, presidia o Senado durante processo de impeachment que derrubou Dilma e votou favorável pela perda do mandato da ex-presidente.

Foto: Reprodução.


Em entrevista a DCMTV, a ex-presidente da república, Dilma Rousseff comentou a respeito do atual relator da CPI da Covid que ocorre no Senado Federal, Renan Calheiros (MDB-AL).


Segundo Dilma, Renan Calheiros "não é" e nem "foi um golpista', segundo a ex-presidente: "em tudo que ele pôde, ele tentou impedir que houvesse o golpe"


Para a ex-presidente "Renan não foi golpista. Eu vou sempre ter uma consideração muito grande pelo Renan. Não é um golpista, não foi um golpista. Pelo contrário, em tudo que ele pôde, ele tentou impedir que houvesse o golpe".


Apesar das declarações de Dilma Rousseff, à época do impeachment, Renan Calheiros presidia o Senado Federal, em posição chave para dar prosseguimento ao processo de impeachment. O partido de Renan Calheiros, MDB, que também era a legenda do ex-presidente e sucessor de Dilma, Michel Temer, articulou o processo de impeachment da petista no Congresso Federal.


Posteriormente, no momento da votação, Renan Calheiros se posicionou favoravelmente ao processo de impeachment de Dilma Rousseff.


Quando perguntada sobre perdoar pessoas que apoiaram o golpe Dilma declarou: "as pessoas mudam. Podem mudar de posição. E você tem que aceitar que isso ocorra". "Agora, seguramente, não vai ser uma pessoa da minha estreita confiança", ponderou.



0 comentário