• Ghiri

Eduardo Cunha: PT atrapalha Lula e diz que petista venceria em 2022 se estivesse no Centrão

Ex-presidente da Câmara e ex-presidiário, Eduardo Cunha concedeu entrevista a CNN.

Foto: Lula Marques.


Eduardo Cunha concedeu entrevista a CNN nesta semana e comentou o cenário eleitoral para 2022. Ao analisar as últimas pesquisas eleitorais divulgadas, Cunha avaliou que Lula é prejudicado pelo PT e considera que o ex-presidente teria mais chances de vitória nas próximas eleições caso fizesse parte do chamado Centrão.


"Acho que o Lula está acima do PT. O anti é mais antipetismo. Se Lula, por exemplo, saísse do PT e fosse para um partido de centro, ele ganhava essa eleição, sem sombra de dúvida no primeiro turno. O que atrapalha Lula é o PT. O problema maior do Lula é o PT. Se o Lula estivesse no Centrão, como você fala, o Lula ganhava a eleição. O problema todo aí que a gente vê é o seguinte: o Lula tem o antipetismo e ele é maior que o antipetismo. O Bolsonaro criou o bolsonarismo, mas o bolsonarismo é um percentual ainda pequeno".


Cunha ainda declarou que considera a prisão de Lula injusta, assim como a sua própria. Apesar das avaliações contrárias a prisão de Lula: "foi um absurdo, assim como a minha também o foi". O ex-presidiário Cunha declarou que não pretende votar no PT em 2022 e que entre Bolsonaro e Lula, votaria a favor da reeleição de Bolsonaro: "não voto no PT, não quero o PT de volta para o país"


Apesar de entender o momento como favorável a Lula, Cunha considera que o ex-presidente está passando por um "estado de graça" com a retomada de seus direitos políticos mas que este cenário não deve se manter nos próximos meses, com o retorno a realidade e a necessidade de justificar os erros cometidos durante as gestões petistas e enfrentar as comparações com outros governos e candidatos.



0 comentário