• Welyson Lima

Ex-ministro Mandetta é cotado para ser o 1º convocado da CPI da Covid-19

Provável presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, Ormar Aziz prefere Mandetta como 1º convocado.

Foto: Isac Nobrega.


O senador Omar Aziz (PSD/AM), que é o mais cotado para assumir a presidência da CPI da Covid-19, no Senado, defendeu, nesta segunda-feira (19/04/2021) que o ex ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, seja o primeiro para depor na comissão.


De acordo com Omar Aziz, caso seja instalado o colegiado nesta quinta-feira (22/04), sua ideia é aprovar a convocação do ex ministro Mandetta para dar o depoimento na sessão seguinte, que ocorre na terça-feira (27/04/2021).


O senador Omar Aziz disse estar confiante de que será eleito o presidente da CPI. Ele afirmou já ter apoio de pelo menos oito dos 11 membros titulares da comissão, entre senadores da oposição, independentes e até governistas. Diz ainda contar com o voto do senador Ciro Nogueira (PP-PI), um dos mais próximos do Palácio do Planalto. "Ciro (Nogueira) vota em mim", disse Omar Aziz.


Sobre a escolha do ex-ministro Mandetta como primeiro a depor, Omar Aziz disse que "foi onde tudo começou", referindo-se ao primeiro ministro a enfrentar a crise provocada pela pandemia de Covid-19.


EM TEMPO

O senador Renan Calheiros (MDB/AL) analisa criação de ao menos quatro sub-relatorias na CPI da Covid-19, com a finalidade de ter auxílio no trabalho.

0 comentário