• Elisa Costa

Governo de São Paulo calcula crescimento do PIB do Estado maior que do Brasil

A suposição foi feita pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que demonstra otimismo em relação à economia do Estado.


Foto: Divulgação.


Na última quarta-feira (05), o governador João Doria (SP) disse que o Estado teve um crescimento econômico de 9% durante o mês de março e que esse número é significativo, considerando que estamos passando pela segunda onda do Covid-19.

“Nos anos de 2019 e 2020, São Paulo teve um crescimento de 3 a 3,5 vezes a mais que o Brasil. A perspectiva para este ano de 2021 é ter um crescimento de 5 a 5,5 vezes o crescimento do Brasil”, afirmou Doria em entrevista. Caso as projeções do governador estejam certas, o PIB de São Paulo chegaria a crescer 15%.

De acordo com informações do secretário da Fazenda, Henrique Meirelles, São Paulo gerou 235 mil vagas de emprego só nos primeiros três meses de 2021, sendo serviços, indústria e tecnologia os setores que mais contrataram. Além disso, movimentam também a economia do Estado a produção da vacina do Instituto Butantan (que já contabiliza 2,2 milhões de doses em depósito), projetos de privatização de linhas de trem urbano, concessões de parques e serviços, e leilão de aeroportos regionais.


Projeções Nacionais


No último dia 03, o Boletim Focus divulgado pelo Banco Central do Brasil mostrou uma expectativa de expansão do PIB nacional em 2021 de 3,14%, mas em contrapartida, uma queda de 0,03 ponto percentual para o ano de 2022. A taxa básica de juros (Selic) teve projeção de 5,50% em 2021 e de 6,25% em 2022. A meta de inflação para este ano é de 3,75%, e para 2022 de 3,50%.

0 comentário