• Ghiri

LG anuncia encerramento de operação no mercado de celulares

Fábrica brasileira em Taubaté deve ser afetada, 400 empregos devem ser extintos na cidade do interior de São Paulo.


A multinacional sul-coreana, LG, que atua no setor de eletrônicos, celulares e produtos petroquímicos, energia, maquinaria, metais, finanças e serviços, anunciou nesta segunda (05/04/2021) que irá abandonar o mercado de celulares. A medida da empresa adotada deve afetar empregos no Brasil. Segundo o sindicato, em torno de 400 empregados devem perder seus postos de trabalho a partir da decisão. A LG atualmente tem, no Brasil, sua fábrica na cidade de Taubaté, interior de São Paulo. A unidade produtora, além dos celulares, fabrica monitores e conta com cerca de 1 mil funcionários.


Com a medida anunciada a produção de monitores deve se manter inalterada. Além da fábrica em Taubaté, a LG também opera no Brasil na cidade de Manaus (AM), onde a multinacional produz aparelhos de ar-condicionado, geladeiras e outros eletrodomésticos na chamada linha branca, que engloba este tipo de produtos.


O encerramento na produção de celulares de acordo com anúncio oficial da empresa, se deve a sucessivos prejuízos no setor, a LG enfrenta prejuízos em sua área mobile. Isso tem ocorrido desde meados de 2015, principalmente com a chegada de outras empresas chinesas no mercado.

"Desde o segundo semestre de 2015, o nosso negócio global de celulares tem sofrido uma perda operacional por 23 trimestres consecutivos, resultando em um acumulado de aproximadamente 4,1 bilhões de dólares (US) [em perdas] até o final de 2020"

O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté disse que a empresa não informou sobre os impactos da decisão em relação aos trabalhadores e à fábrica de Taubaté.


A entidade sindical afirmou que tem reunião agendada com a direção nesta terça (06/04/2021). Reforçou ainda que busca desde janeiro reuniões com a empresa, mas não foi atendido. Os trabalhadores da divisão de celulares de Taubaté aprovaram estado de greve em 26 de março. Eles buscam negociação com a empresa diante das incertezas.

0 comentário