• Ghiri

Marina Silva: lógica das fake news foi inaugurada a pedido do PT

Marina concedeu entrevista ao Yahoo Notícias nesta quinta (29) na qual comentou a campanha presidencial de 2014.


Em entrevista ao Yahoo Notícias nesta quinta-feira (29/04/2021) Marina Silva (Rede) comentou a contratação do marketeiro João Santana pelo PDT de Ciro Gomes. A três vezes candidata a presidência, Marina Silva, atribui ao Partido dos Trabalhadores (PT) a inauguração das campanhas difamatórias de reputação em meio a eleições. Ainda em 2014, quando candidata a presidência, Marina foi fortemente atacada por informações distorcidas de sua vida pessoal e carreira política, à época João Santana era o responsável pelo marketing da campanha de Dilma Rousseff que veio a vencer o pleito.


"Não vamos nos esquecer que ele (João Santana) é o pai das fake news. Foi ele que, a pedido do PT, também não vamos nos esquecer, em 2014, inaugurou a lógica de projeto vitorioso com base na desconstrução, na mentira e na violência política", disse Marina.


Apesar de não concordar com a contratação de João Santana, Marina deixou claro que o seu entendimento se difere daquele tido pelo PDT e que não se direcionará a comentar as motivações do partido para esta contratação.


"Em relação à contratação do João Santana pelo PDT, claro que eu não tenho aqui que falar aqui pelo PDT, pelo Ciro em relação às razões e motivações para essa contratação. O que eu posso dizer é que João Santana não contribui, no meu entendimento, ao debate político nos termos que eu defendo desde 2014".


Como responsável por marketing de campanha, João Santana nunca perdeu eleições até hoje. No ano de 2012, João Santana garantiu a vitória a seus contratantes em três eleições presidenciais diferentes em um único ano, Hugo Chávez (2012), na Venezuela; Mauricio Funes, em El Salvador; Danilo Medina, na República Dominicana; e José Eduardo Santos, em Angola. No Brasil, Santana trabalhou nas campanhas de Lula (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014).



0 comentário