• Welyson Lima

Ministro da Educação diz que MEC seguirá visão de Bolsonaro

Milton Ribeiro, ministro da educação, reuniu-se com presidente do INEP, Danilo Dupas.


Foto: Isac Nóbrega/PR.


O ministro da educação, Milton Ribeiro, em reunião com o presidente do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira), Danilo Dupas, disse que “a política do MEC deve vir e tem que vir em consonância com a visão educacional, do projeto, do senhor presidente da República". Referindo-se ao alinhamento das políticas que deverão ser desenvolvidas pela pasta com as ideias do presidente Bolsonaro (sem partido). "É com ele (Bolsonaro) que eu troco de ideias quando quero fazer uma mudança", enfatiza o ministro da educação.


A reunião de Milton Ribeiro com Danilo Dupas, presidente do Inep e servidores da autarquia, aconteceu em 22 de abril. De acordo com o ministro "em nenhum momento ele ficou sem saber sobre datas ou procedimento nesses nove meses", ressaltou.


O encontro se deu após 10 dias em que servidores do Inep publicaram uma carta onde falam dos riscos que a autarquia sofre com as nomeações ideológicas e trocas no comando. Danilo Dupas assumiu o INEP, após quatro mudanças já ocorridas na autarquia, desde o início do governo Bolsonaro.


O ministro ainda disse: "Por isso, peço que o senhor tenha sempre a sensibilidade de fazer o que é certo. Quando tiver os dois caminhos, escolha o mais próximo possível da visão que nós temos a respeito da gestão pública (...) bem próxima da visão do presidente da República e da visão do ministro que ele colocou", disse Milton Ribeiro, enfatizando assim que o MEC pretende seguir uma visão educacional de acordo com a visão ideológica do presidente Bolsonaro.

0 comentário