• Ghiri

Número de cidades no estado de SP com risco de falta de oxigênio chega a 115

Cosems alerta para risco de falta de oxigênio com aumento dos casos de Covid-19.


Levantamento realizado pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems/SP) entre os dias 22 e 24 de março indico que 177 serviços de saúde em 115 municípios paulistas estão em situação crítica de abastecimento de cilindros de oxigênio gasoso, utilizado por pacientes contaminados pelo coronavírus.


Geraldo Reple Sobrinho, presidente do Cosems São Paulo e secretário de Saúde de São Bernardo do Campo, no ABC paulista deu a seguinte declaração nesta quarta-feira:

"O grande problema é o oxigênio gasoso. Hospitais maiores usam o oxigênio líquido, que é transportado em caminhões e não cilindros. Com o aumento do consumo, com mais pacientes precisando de oxigênio e as transferências entre unidades demorando por falta de leitos, a situação se agravou e é necessária uma reposição rápida"

Lista de cidades com risco de desabastecimento de oxigênio. Fonte: Cosems.

0 comentário