• Carlos Eugênio dos Santos Lemos

Novo presidente do Banco do Brasil promete austeridade nas despesas

O novo presidente do Banco do Brasil, Fausto de Andrade Ribeiro, realizou o seu primeiro ato, enviou aos funcionários do banco uma carta nessa segunda-feira (05/04/2021) (obtida pelo Estadão/Broadcast) prometendo austeridade nas despesas e continuação da agenda de reorganização societária na instituição. Contudo, demostrou alinhamento ao presidente Jair Bolsonaro.


O novo presidente do BB afirmou que o banco é "patrimônio de todos os brasileiros", deixando claro que sua posição é alinhada a do presidente Jair Bolsonaro, que se opõem a privatização do banco mesmo após muita pressão de setores do governo e do próprio banco.

Na carta, Fausto prometeu acelerar a transformação digital e a inovação; compromisso com a austeridade e a eficiência na gestão de despesas; priorizar a cadeia do agronegócio; efetuar alianças e parcerias estratégicas para ampliar competências que permitam a expansão dos resultados do conglomerado; e realizar desinvestimentos e reorganização societária em determinados negócios.


É importante lembrar que o antigo presidente do Banco do Brasil renunciou ao cargo após anúncio da instituição de demissão voluntária de cerca de 5 mil funcionários gerar polêmica entre setores que apoiam o governo federal. Portanto agora entra em ação um núcleo governista que contra a privatização do banco. O antigo presidente era André Brandão, executivo da HSBC que atuava no banco desde de 2003.

0 comentário