• Carlos Eugênio dos Santos Lemos

Orçamento de 2021 deve ser votado nesta semana

Expectativa é que o Rodrigo Pacheco paute na quarta-feira a votação com valor 6 bilhões superior ao proposto pelo governo.


Após meses de debate e pressão parlamentar por mais emendas o Congresso Nacional vota essa semana o Orçamento de 2021. Os gastos públicos devem ser o principal fator a ser observado nessa votação, tendo em vista a necessidade de mais recursos destinados a área de saúde em meio a pandemia.


Existe a expectativa de que o Presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) paute o texto na quarta (24/03/2021) ou na quinta-feira (25/03/2021) dessa semana. A deputada Flávia Arruda (PL-DF), presidente da comissão mista de orçamento, informou ao Estadão que a votação na comissão deve acontecer no período da manhã e será levada a plenário na tarde do mesmo dia.


As emendas parlamentares devem chegar aos R$ 22,2 bilhões, o valor é superior em 6 bilhões ao proposto pelo executivo. O governo ainda deve pagar cerca de R$28,6 bilhões de emendas de anos anteriores que deixaram de ser pagas.


É necessário lembrar que o Orçamento da União já deveria ter sido votado no ano de 2020 e que o governo federal não pode empregar novos investimentos até que o orçamento seja aprovado. Apenas gastos obrigatórios podem ser executados sem orçamento aprovado.

0 comentário