• Carlos Eugênio dos Santos Lemos

PDT aciona MP contra governador do Rio por apoio a evento com Bolsonaro

A ação cita que o Governador do Rio de Janeiro disponibilizou mais de mil agentes das forças de segurança para o ato

Zô Guimarães/Folhapress/VEJA


O Partido Democrático Trabalhista acionou o Ministério Público do Rio de Janeiro ontem (24/05/2021) uma representação contra o Governador Cláudio Castro (PSC) pela "ocorrência de ato de improbidade administrativa" durante a manifestação de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no último domingo, na cidade do Rio de Janeiro.


O partido de Ciro Gomes pede a apuração para saber se o governador usou verba pública para incentivar o evento, que mobilizou mais de mil policiais, teve aglomerações e pessoas sem máscara, desrespeitando as medidas sanitárias de enfrentamento da pandemia, com gasto estimado para os cofres públicos de R$ 485 mil.


O texto diz ainda: "Ou seja, enquanto o estado do Rio de Janeiro tinha, até sábado (22), 49.438 mortes e 839.623 casos de covid-19, com a taxa de ocupação de leitos de UTI na marca de 84%, estimulou-se a formação de aglomerações com todo o aparato estatal para saudar o profeta do caos, da morte e da ignorância".

0 comentário