• Carlos Eugênio dos Santos Lemos

PF pede ao STF abertura de inquérito para investigar Toffoli

O pedido tem como base o acordo de delação premiada firmado pelo Ex-governador Sérgio Cabral.

Foto: José Cruz/Agência Brasil.


A Polícia Federal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido para a abertura de investigação contra o ministro Dias Toffoli, a PF quer apurar os supostos repasses ilegais ao magistrado que envolve um possível esquema de venda de decisões judiciais.


O pedido teve como base o acordo de colaboração premiada firmado com o Sérgio Cabral e está sob análise do relator dos casos referentes à Operação Lava Jato no STF, o ministro Edson Fachin.

Segundo apuração da Folha de São Paulo, Cabral afirma que Dias Tofolli recebeu cerca de 4 milhões de reais para favorecer dois prefeitos fluminenses em processos no Tribunal Superior Eleitoral. De 2012 a 2016 o magistrado atuou na corte.


Em nota, Toffoli disse “não ter conhecimento dos fatos mencionados e disse que jamais recebeu os supostos valores ilegais”.

0 comentário