• Ghiri

PSB a favor do voto impresso e da união da centro esquerda

Presidente do partido, Carlos Siqueira, defende que seja adotada a impressão de votos junto às urnas eletrônicas e considera a união de PSB com PDT e PCdoB boa para o Brasil.

Foto: Reprodução.


O presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) declarou nesta semana em entrevista concedida ao site de notícias Poder 360º que não consegue entender o porquê de o voto não ser impresso e que segundo a avaliação de seu partido ter a impressão de votos seria mais uma forma de realizar a auditoria dos resultados do pleito eleitoral, o que segundo Siqueira afastaria cada vez mais hipóteses de fraudes.


Siqueira ainda declarou que orientou o líder do partido na Câmara, Danilo Cabral (PSB-PE) a escolher apenas deputados simpáticos à proposta de ter votos impressos para participarem da Comissão de Reforma Política.


Perguntado sobre o cenário político para as próximas eleições Siqueira declarou que o PSB não descarta a ideia de lançar uma candidatura própria para as próximas eleições presidenciais, mas que vem mantendo conversas com lideranças já consolidadas na disputa como Lula (PT), Ciro Gomes (PDT) e até mesmo com Eduardo Leite (PSDB).


Perguntado sobre a possibilidade de aglutinação e fusão de partidos políticos em função da nova cláusula de barreira que vigora na legislação eleitoral, Siqueira disse que defende a redução no número de partidos no Brasil e acredita que uma união do PSB com PDT e PC do B seria boa para o Brasil. “Quem sabe no futuro não sejamos empurrados para isso? Eu defendo essa ideia”, disse.

0 comentário