• Carlos Eugênio dos Santos Lemos

Salles e presidente do Ibama são alvos de operação da Polícia Federal

O presidente do Ibama e o ministro Ricardo Salles são alvos de operação que investiga exportação ilegal de madeira

Foto: (Nacho Doce/Reuters)


Na manhã de hoje (19/05/2021) o ministro Ricardo Salles e o presidente do Ibama, Eduardo Bim, são alvos de uma operação da PF que investiga a exportação ilegal de madeira para os Estados Unidos e Europa.


A operação foi autorizada pelo ministro do STF Alexandre de Morais, que também determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Salles, o afastamento preventivo de Bim do comando do Ibama e o de outros nove agentes públicos que ocupavam cargos e funções de confiança nos órgãos.


Alexandre de Morais ainda determinou a suspensão imediata da aplicação de um despacho emitido em fevereiro de 2020, que permitiu a exportação de produtos florestais sem a necessidade de emissão de autorizações de exportação.


A operação da PF chama-se Akuanduba, que dá nome à operação, é uma divindade da mitologia indígena que habita o estado do Pará. Segundo a lenda, se alguém cometesse algum excesso, contrariando as normas, a divindade fazia soar uma pequena flauta, restabelecendo a ordem.


As investigações iniciaram em janeiro, segundo a Polícia Federal, a partir de informações "obtidas de autoridades estrangeiras" que noticiavam um "possível desvio de conduta de servidores públicos brasileiros no processo de exportação de madeira".

0 comentário